Notícias

02 de Dez de 2019

Cardeal Parolin afirma que a família é uma escola de liberdade e de paz

O Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado do Vaticano, inaugurou o novo ano acadêmico do Pontifício Instituto Teológico João Paulo II para as Ciências do Matrimônio e da Família com uma lição magistral na qual ensinou que a família é uma escola de liberdade e de paz.

Explicou que a família "constitui a matriz insubstituível da composição humana dos efeitos e da liberdade responsável, da comunidade e da convivência pacífica".

Defendeu que "não se pode negar que a família se encontra hoje submetida a uma pressão de conformismo e de uma cultura de desagregação, que a debilita profundamente”.

Diante desse risco, a família cristã "é a mediadora maiêutica normal da missão de testemunho e amor do poder da graça que restabelece a aliança do homem e da mulher, capaz de suportar o peso uns dos outros”.

"Essa subsidiariedade se torna crucial hoje para a restauração da plena transparência e verdade do mandato da reconciliação com Deus".

Nesse sentido, afirmou que “o ministério da família estabelece suas raízes no ato criador de Deus, no qual a diferença entre o homem e a mulher está destinada à missão especial de uma aliança à qual se confiou o trabalho do amor que plasma o mundo e a história”.

“Sobre estas raízes se estabeleceu o mistério e o ministério eclesial da família, chamada ao Evangelho e a transcender sua própria dimensão criadora e dirigida a se converter em sinal e em realidade da ação de salvação e da promessa de cumprimento que termina no mistério do Filho de Deus feito homem”.

Comentários