Notícias

23 de Jun de 2021

Diocese da Espanha ordena padre depois de onze anos sem vocações

A diocese de Segovia, na Espanha, celebrou a ordenação de Álvaro Marín Molinera, no dia 20 de junho, depois de quase 11 anos da ordenação do último sacerdote diocesano.

A última ordenação de sacerdotes diocesanos na diocese de Segovia foi em 4 de julho de 2010. Em 5 de junho de 2021, Dom César Franco havia celebrado a ordenação de um jovem sacerdote missionário claretiano.

Dom César Franco, bispo de Segovia, presidiu a cerimônia de ordenação na catedral da cidade. Participaram familiares, amigos e uma ampla representação dos sacerdotes e diáconos da província.



Durante a homilia, dom Franco disse ao novo sacerdote: “o sacerdócio lhe dá a autoridade para enfrentar o mal, mas para isso você tem que imitar o mistério da cruz com a sua própria vida”. Para exercer o ministério, disse o bispo, “não se pode ser covarde, desconfiar de Cristo ou viver a fé de uma maneira medíocre”.

O padre Álvaro Marín, de 27 anos, foi ordenado diácono em outubro de 2020 e se formou na Universidade de Ávila e na Pontifícia Universidade de Salamanca, na Espanha.

O lema escolhido pelo pe. Álvaro Marín foi: “Tudo posso naquele que me fortalece”.

Ele também citou as palavras do Santo Cura d´Ars, que dizia: “me prostrei consciente do meu nada e me levantei sacerdote para sempre”. 

Comentários